Associe-se
Area Restrita

WhatsApp Image 2020 08 04 at 13.51.01

A AHK Rio divulgou a quinta parte de suas publicações semanais da série informativa sobre a Estratégia Nacional Alemã para o hidrogênio. Confira um pequeno trecho abaixo, e a íntegra no site da AHK Rio.

Artigo 5: Plano de Ação para o Setor de Transporte

Para que o mercado do hidrogênio se desenvolva, é necessário uma escalada na demanda. Nesse sentido, foram elaboradas medidas para aplicação do hidrogênio em áreas prioritárias, em que seu uso é economicamente viável a curto e médio prazo. Dentre elas:

Medida 5: Incentivo da Diretiva de Energia Renovável da UE no uso de hidrogênio verde na produção de combustíveis e como uma alternativa aos combustíveis convencionais. 

Medida 6: As medidas de apoio no âmbito do “Programa Nacional de Inovação em Hidrogênio e Tecnologia de Células a Combustível” com o objetivo de ativar o mercado e atrair investimentos em veículos a hidrogênio como caminhões pesados / veículos comerciais, ônibus, trens, embarcações de navegação interior e costeira e frotas.

Medida 7: Desenvolvimento e promoção de instalações para a produção de combustíveis à base de eletricidade, em particular para a produção de querosene e biocombustíveis avançados.

Medida 8: Promover o desenvolvimento de uma infraestrutura de abastecimento de hidrogênio para veículos pesados de carga rodoviária, no transporte público e no transporte ferroviário local.

Medida 9: Desenvolvimento da infraestrutura europeia para facilitar o transporte de fronteiras por veículos movidos a pilha a combustível.

Medida 10: Apoio ao estabelecimento de uma indústria de suprimentos competitiva para sistemas de pilhas a combustível, incluindo a criação de uma base industrial para a produção das mesmas para aplicações veiculares. Possibilidade da criação de um centro de tecnologia e inovação para tecnologias de hidrogênio, bem como apoio a fornecedores e logística da área.

Medida 11:Implementação da “Diretiva Veículos Limpos” (CVD) para apoiar veículos de emissão zero no transporte municipal.

Medida 12: Diferenciação em relação a emissão de CO2 no pedágio de caminhões, em favor de veículos ecológicos.

Medida 13: Compromisso com a normatização internacional de padrões para sistemas de hidrogênio e pilhas a combustível para a mobilidade.

Para ler o artigo na íntegra, acesse AQUI

Topo