Associe-se
Area Restrita

WhatsApp Image 2020 08 04 at 13.51.01

A AHK Rio divulgou a sétima parte de suas publicações semanais da série informativa sobre a Estratégia Nacional Alemã para o hidrogênio. Confira um pequeno trecho abaixo, e a íntegra no site da AHK Rio.

Artigo 7: Plano de ação para os setores de infraestrutura, fornecimento e geração térmica

A longo prazo, o hidrogênio e seus derivados contribuirão para o processo de descarbonização de parte do mercado, para isso é necessário que o fornecimento global de hidrogênio seja seguro, confiável e eficiente. Confira as medidas da Estratégia Nacional de Hidrogênio sobre setores relacionados à questão:

Geração Térmica:

Medida 18: O Governo Federal continuará apoiando e fortalecerá, se necessário, o programa de incentivos “Eficiência Energética” (APEE) para a compra de pilhas a combustível altamente eficientes para a geração de calor na área de construção civil.

Medida 19: O Governo Federal está analisando a inclusão da geração de calor através de energia renovável como parte da lei de cogeração.

Infraestrutura e Fornecimento: 

Medida 20: As oportunidades para instalação de uma infraestrutura de distribuição dedicada ao hidrogênio e também para adaptação e remontagem da infraestrutura de gás natural, do distribuidor ao usuário final, estão sendo discutidas e serão implementadas em tempo hábil.

Medida 21: A integração das infraestruturas de eletricidade, aquecimento e gás, continuará a ser ampliada de maneira adequada à transição energética, baseada nas necessidades do mercado e com uma boa relação custo-benefício.

Medida 22: Para a implementação de uma nova infraestrutura de postos de abastecimento de hidrogênio é necessário analisar as necessidades de cada meio de transporte, considerando tanto os usuários individuais como os operadores de frota.

Para ler o artigo na íntegra, acesse AQUI

Topo