Associe-se
Area Restrita

A substituição de combustíveis fósseis por recursos renováveis e a redução das emissões de carbono tornaram-se questões importantes para o desenvolvimento sustentável. Nesse sentido, uma equipe de pesquisa do Instituto de Física e Química de Dalian (DICP) da Academia Chinesa de Ciências, desenvolvem tecnologia fotovoltaica comercial para gerar energia elétrica utilizada na eletrólise da água.

Uma das principais tecnologias inovadoras do projeto é o eletrocatalisador eficiente, de baixo custo e longa vida útil para eletrólise da água na produção de hidrogênio. A instalação apresenta uma capacidade de produção de mais de 1000 Nm³ de hidrogênio por hora em um único conjunto de células eletrolíticas industriais, e o consumo de energia de hidrogênio da unidade foi reduzido para menos de 4,3 kWh por metro cúbico.

A outra inovação é o catalisador de hidrogenação de dióxido de carbono de baixo custo, alta seletividade e alta estabilidade para a produção de metanol, além de ser resistente a sinterização.

A planto do projeto consiste em três unidades básicas: uma usina solar fotovoltaica com potência de 10 MW, uma planta de eletrolisador e uma planta para síntese de metanol.

Para saber mais, acesse AQUI

Fonte: FuelCellWorks.com

Topo