Associe-se
Area Restrita

12 04 anpet notícia pohetasEm celebração ao Ano Internacional da Tabela Periódica dos Elementos Químicos, a casa da Ciência da UFRJ, em conjunto com o instituto de química da UFRJ preparam uma programação especial com palestras, mesas redondas e cine-debate. No dia 16/04, o Diretor-Presidente da ABH2, professor Paulo Emílio Miranda, falará sobre o hidrogênio, com o tema “Hidrogênio, o elemento químico onipresente e o combustível sustentável do século XXI”. Confira a programação completa AQUI

Paulo Emílio de Miranda, Professor, Coordenador do Laboratório de Hidrogênio da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coppe, Presidente da Associação Brasileira do Hidrogênio (ABH2) publica seu novo livro: Science and Engineering of Hydrogen-Based Energy Technologies.

Science and Engineering of Hydrogen-Based Energy Technologies explora a geração de energia usando hidrogênio e combustíveis ricos em hidrogênio em pilhas a combustível a partir da perspectiva de sua integração em sistemas de energia renovável usando o conhecimento científico mais sólido e atual. 

O livro começa abordando a evolução da utilização de energia e o papel esperado para ser desempenhado pelas tecnologias de energia de hidrogênio no mix de energia mundial, não apenas para geração de energia, mas também para captura, armazenamento e utilização de carbono. Fornece uma visão geral dos tipos mais comuns e promissores de pilhas a combustível, como pilha a combustível com membrana trocadora de prótons, pilha a combustível de óxido sólido e aquelas que utilizam álcool diretamente. A coprodução de células químicas e eletrolíticas, bem como os materiais disponíveis e futuros para a produção de pilhas a combustível são discutidos. Em seguida, investiga a produção de hidrogênio a partir da biomassa, incluindo materiais residuais, e do excesso de eletricidade produzida por outras fontes de energia renováveis, como a solar, eólica, hídrica e geotérmica. As principais abordagens tecnológicas do armazenamento de hidrogênio são apresentadas, juntamente com várias aplicações possíveis de engenharia de energia de hidrogênio.

 

Confira: o folheto AQUI e o primeiro capítulo AQUI.

O livro pode ser adquirido AQUI.

hidrogenio energia O alvorecer da Energia do Hidrogênio
Autores: Paulo Emílio V. de Miranda
O texto foi extraído do Boletim de Conjuntura do Setor Energético - Dezembro/2017. Leia a publicação completa!

Data: 09/01/2018

Acesse o portal FGV Energia AQUI.

noticia iphe

O IPHE, criado em 2003, é uma parceria intergovernamental internacional que atualmente consiste de 18 países membros e da Comissão Europeia. Seu objetivo é facilitar e acelerar a transição para sistemas de energia e mobilidade limpos e eficientes usando tecnologias de hidrogênio e pilhas a combustível em aplicações e setores. Esta parceria oferece um fórum para compartilhar informações sobre iniciativas, políticas e status da tecnologia, bem como sobre segurança, regulamentos, códigos e padrões para acelerar a transição econômica para o uso de hidrogênio e pilhas a combustível na economia. O IPHE também informa a amplos grupos de partes interessadas, incluindo formuladores de políticas e o público, sobre os benefícios e desafios para o estabelecimento de tecnologias comerciais de hidrogênio e pilhas a combustível na economia.
Exemplos de tópicos recentes do workshop incluem: Armazenamento de Energia, Cidades Inteligentes, Pilha a Combustível como Energia de Backup para Telecomunicações, Sistemas de Energia e Transporte, Pilhas a Combustível e Hidrogênio para Cidades Limpas e uma série contínua de workshops sobre Infraestrutura de Hidrogênio.
As iniciativas de países de alto nível, programas, políticas, financiamento e o status de P&D, bem como os esforços de demonstração e implantação entre os setores em cada país membro, são fornecidos no site do IPHE e atualizados semestralmente.

 

 

 

 

Workshop – The Dawning of the Hydrogen Energy in the World Economy – 18/09/2017 – Rio de Janeiro

Workshop – International Cooperation on Hydrogen Energy – 20/09/2018 – Brasília


Workshop – Drivers and Developments for Hydrogen & Fuel Cells in the Economy – 22/09/2017 – Foz do Iguaçu


Resumo da visita Tim Karlsson, diretor IPHE

 

Saiba mais sobre a IPHE, AQUI!

A ABH2 conta com algumas modalidades de associação:associe se

Associados Estudantes:

Para pessoas físicas que exerçam atividades de estudos/pesquisa em hidrogênio, energia do hidrogênio, pilhas a combustível e atividades correlatas na condição de universitários de cursos de graduação e pós-graduação, no Brasil ou no exterior. Deve ser apresentado comprovante de matrícula.

Associados Startup ou MEI (por até três anos contados de sua data de criação):

Para Startups ou Micro Empresários Individuais que exerçam atividades profissionais em hidrogênio, energia do hidrogênio e/ou pilhas a combustível com até três anos de criação da pessoa jurídica.

Associados Individuais:

Para pessoas físicas com atuação ou vivência no desenvolvimento de projetos de pesquisa científica, tecnológica e inovação na área de hidrogênio, energia do hidrogênio, pilhas a combustível e atividades correlatas, do setor de hidrogênio e/ou no fomento do desenvolvimento de temas de interesse do setor de hidrogênio.

Associados MEI (após três anos de criação):

Para Startups ou Micro Empresários Individuais que exerçam atividades profissionais em hidrogênio, energia do hidrogênio e/ou pilhas a combustível após três anos de criação da pessoa jurídica.

Associados ME:

Para pessoas jurídicas ou entidades, públicas ou privadas com faturamento anual de até R$360.000, que direta ou indiretamente desenvolvam pesquisa científica, tecnológica e inovação na área de hidrogênio, energia do hidrogênio, pilhas a combustível e atividades correlatas, do setor de hidrogênio e/ou que fomentem o desenvolvimento de temas de interesse do setor de hidrogênio, ou ainda, que tenham interesse de participar da ABH2.

Associados Centro de Pesquisa ou EPP:

Para centros de pesquisa e pessoas jurídicas ou entidades, públicas ou privadas com faturamento anual entre R$360.000 e R$4.800.000, que direta ou indiretamente desenvolvam pesquisa científica, tecnológica e inovação na área de hidrogênio, energia do hidrogênio, pilhas a combustível e atividades correlatas, do setor de hidrogênio e/ou que fomentem o desenvolvimento de temas de interesse do setor de hidrogênio, ou ainda, que tenham interesse de participar da ABH2.

Associados Empresariais de Médio e Grande Porte:

Para pessoas jurídicas ou entidades, públicas ou privadas com faturamento anual acima de R$4.800.000, que direta ou indiretamente desenvolvam pesquisa científica, tecnológica e inovação na área de hidrogênio, energia do hidrogênio, pilhas a combustível e atividades correlatas, do setor de hidrogênio e/ou que fomentem o desenvolvimento de temas de interesse do setor de hidrogênio, ou ainda, que tenham interesse de participar da ABH2.

Direito dos Associados:

Os sócios terão acesso eletrônico livre aos documentos publicados pela ABH2 e terão direito a descontos nas inscrições para participação em atividades promovidas pela ABH2.

Os Sócios Institucionais poderão indicar até 2 (dois) membros, um titular e um suplente para usufruírem dos citados benefícios.

Para maiores informações acesse o Estatuto Social da ABH2.

Como associar-se:

Para associar-se à ABH2 é fácil:

Preencher o formulário de inscrição na devida modalidade

Enviar para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. o comprovante de depósito bancário do valor referente ao pagamento da anuidade na respectiva modalidade.

Dados para depósito:

Banco Itaú
Agencia: 8189
Conta Corrente: 13011-8
CNPJ: 28.733.124/0001-03

Anuidades: os valores das anuidades para 2018 são os seguintes:

 tabela 05 04 19

Aguardar a confirmação da inscrição através de contato por e-mail.

Topo